Humala e filha de Fujimori vo a segundo turno - América Latina en Movimiento
ALAI, América Latina en Movimiento

2011-04-11

Peru

Humala e filha de Fujimori vo a segundo turno

Brasil de Fato
Clasificado en:   Política: Politica, Elecciones, |
Disponible en:   Portugues       
Compartir:


Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPI) tem 73% dos votos apurados
 
Com 73% dos votos apurados, o Escritório Nacional de Processos Eleitorais aponta Ollanta Humala como vencedor do primeiro turno das eleições presidenciais realizadas no Peru, neste domingo (10).
 
O candidato da aliança Ganha Peru está com 29,6 dos votos. Seguido pela candidata da coalizão Força 2011, a filha do ex-presidente golpista Alberto Fujimori (1990-2000), Keiko Fujimori, com 22,8%. Os dois candidatos se enfrentarão no segundo turno das eleições no dia 05 de junho.
 
Pedro Pablo Kuczynski, ex-ministro da Economia da Aliança pela Grande Mudança, ficou em terceiro lugar, com 21,6% dos votos. O ex-presidente Alejandro Toledo (2000-2006), da Aliança Peru Possível, obteve 15,1% e o ex-prefeito de Lima Luis Castañeda, da Aliança Solidária Nacional, 11%.
 
Ns eleições deste domingo os peruanos também escolheram os ocupantes de 130 cadeiras no Congresso Nacional e 15 políticos para o Parlamento Andino – dos quais cinco serão titulares e dez suplentes. Estima-se que 1,8 milhão de eleitores estavam cadastrados para participar do pleito.
 
Candidatos
 
Ollanta Humala promete redistribuir a renda no Peru. Desde a última eleição em 2006, em que foi candidato e perdeu para o atual presidente Alan Garcia, dedicou-se à aproximação de todos os segmentos da sociedade. O candidato recebeu críticas de setores conservadores por manter relação próxima aos presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Bolívia, Evo Morales. Após a confirmação de sua vitória no primeiro turno, Humala pediu a “união de todos aqueles que desejam uma grande transformação” no país.
 
Keiko Fujimori passou grande parte de sua campanha defendendo seu pai, que foi alvo de ataques dos adversários. Alberto Fujimori foi condenado a 25 anos de prisão. O ex-presidente golpista foi acusado de corrupção, desvio de verba pública e violação de direitos humanos no período em que esteve à frente do governo peruano. De acordo com analistas, Keiko conquistou parte do eleitorado por causa do discurso direcionado ao campo.
 
Fonte: Brasil de Fato


http://www.alainet.org/active/45765&lang=es




[Página de búsquedas]  [Página principal]  [Main Page]  [Regresar]
Quienes somos | Área Mujeres | Minga Informativa de Movimientos Sociales